25 de junho de 2021

Justiça bloqueia bens de sócios que venderam respiradores com defeito ao Pará

O Tribunal de Justiça do Estado do Pará (TJ-PA) decidiu hoje bloquear os bens e reter os passaportes dos sócios da empresa que vendeu 152 respiradores defeituosos ao governo do Pará.

A informação foi divulgada pelo governador Helder Barbalho (MDB-PA) nas redes sociais.”Pessoal, acabamos de conseguir uma decisão judicial bloqueando os bens dos sócios que venderam os respiradores para o nosso Estado, além da retenção dos passaportes para que eles não possam sair do Brasil”, anunciou Barbalho.

A decisão, assinada pela juíza Rosana Lúcia de Canelas Bastos, considera que a SKN do Brasil “entregou aparelhos respiradores distintos daqueles objeto da contratação efetivada pelo estado”, não servindo para auxiliar no tratamento das pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

Comentários do Facebook