25 de junho de 2021

Filho do prefeito é denunciado por matar 2 homens e atirar em outros 3

MÃE DO RIO

Na madrugada de 19 de abril deste ano, por volta de 3 horas, um homem identificado como Gibran Rabelo, filho do prefeito de Mãe do Rio, matou dois homens a tiros de revólver em uma loja de conveniência, localizada dentro do posto Bom Jesus, naquela cidade.

Ele estava na companhia de um amigo e ainda atirou em outros três homens que estavam no local, mas não acertou. Inexplicavelmente, as informações sobre o caso foram mantidas em segredo de Justiça.

A Polícia Civil em Mãe do Rio instaurou inquérito para apurar os crimes e solicitou à justiça mandados de busca e apreensão nas residências de Gibran Rabelo e do amigo dele, Mariano Bruno Sages, também suspeitos de participação nos homicídios e tentativas de assassinato.

O Ministério Público se manifestou favoravelmente à concessão dos mandados, que foram expedidos pelo Judiciário. Gibran Rabelo, que já exerceu cargos de gestão na prefeitura municipal e é filho do prefeito municipal José Vileigagnon Rabelo.

Na última segunda-feira, a Polícia Civil de Mãe do Rio, com apoio operacional de policiais de Aurora do Pará, Ipixuna do Pará e Paragominas, deflagrou a operação “Amigos do rei” para cumprir os mandados de buscas e apreensão.

Durante a diligência, a polícia encontrou, no endereço de Mariano Bruno Sages, uma pistola calibre .40, e na casa de Gibran Rabelo um revólver calibre .38, além de munições. As armas foram apreendidas.

O acusado Gibran Rabelo já exerceu as funções de secretário municipal de Administração e secretário municipal de Obras na gestão atual do pai. O MP acompanha as investigações e já ofereceu denúncia à justiça contra ele por homicídios qualificados, tentado e continuado, além de porte ilegal de armas. Fonte: Ver-o-Fato

Comentários do Facebook