17 de junho de 2021

Funcionário da Mineradora Vale S/A morre por Covid-19 em Parauapebas

Trata-se de um homem, de 42 anos de idade, técnico eletroeletrônico, que trabalhava na Usina de Beneficiamento Serra Norte, em Carajás, exploradas pela mineradora Vale S. A. na função de Operador. De acordo com informações de um amigo da vítima ele estava aqui apenas a trabalho não tendo na cidade vínculos familiares.




Porém, após atestado positivo para Coronavírus foi internado na UTI da Intensicare, nas proximidades do Hospital Santa Terezinha, onde faleceu na tarde desta sexta-feira, 10.

Em nota:

A Vale lamenta informar o falecimento de um de seus empregados, ocorrido na tarde desta sexta-feira, 10/4, em Parauapebas (PA), com suspeita de Covid-19. A empresa aguarda os laudos com os resultados dos exames para confirmar a causa da morte. A empresa está prestando todo apoio à família e vem seguindo os protocolos de saúde e segurança estabelecidos pelas autoridades médicas e agências de saúde de cada um dos países em que opera.


De acordo com informações prestadas pela Semsa – Secretaria Municipal de Saúde, o homem testou positivo após passar pelo teste rápido daquela secretaria tendo sido imediatamente internado. Ainda de acordo com informações da secretaria, a vítima não tinha histórico de viagens, tendo apresentado os primeiros sintomas dia 29 de março e foi internado no dia 4 de abril em UTI de hospital particular. Durante a internação houve momentos de melhora, porém o caso se agravou muito, vindo a falecer. A esposa e filho, já testaram negativo e estão sendo monitorados. Os onze contatos diretos de trabalho também estão sendo acompanhados.

Este é o primeiro óbito em virtude da COVID – 19 em Parauapebas; porém, a situação da evolução de casso requer atenção, levando em conta que apenas hoje, sexta-feira, 10 mais 5 novos casos foram confirmados. Sendo um deles um homem, 48 anos, iniciou com febre, dor no corpo, calafrios no dia 28 de março. Procurou atendimento na rede particular no dia 6 de abril e está internado na UTI. Respira com ajuda de aparelhos. Tem obesidade como comorbidade. Sem histórico de viagem. Familiares negam contato prévio com caso confirmado ou suspeito.

Veja o vídeo gravado em frente ao Hospital:


O outro é um homem, 31 anos, sem comorbidades, foi fumante por 13 anos (parou há 3 anos). Iniciou os sintomas em 20 de março. Deu entrada na UPA no dia 30 de março. Teve contato prévio com caso suspeito. Encontra-se estável, em isolamento domiciliar. Nega histórico de viagem recente.


Mulher, 45 anos, sem comorbidades. Apresentou sintomas no dia 1º de abril. Procurou atendimento na rede particular de saúde no dia 3 de abril, e no dia 5 de abril ficou internada e realizou a coleta para o exame. Está em isolamento domiciliar. Confirma que teve contato com o esposo.


Homem de 36 anos, apresentou os sintomas no dia 23 de março. Procurou atendimento na rede particular em 31 de março, quando iniciou o isolamento domiciliar. Retornou para o hospital no dia 04 de abril com agravamento dos sintomas e foi encaminhado para UTI, com auxílio de ventilação mecânica para respirar. Hoje, 10, recebeu alta da UTI.


Homem, 37 anos, com início dos sintomas em 29 de março. Procurou atendimento na rede particular com agravamento dos sintomas no dia 5 de abril. Encontra-se na UTI particular, respirando sob auxílio de ventilação mecânica. Sem histórico de viagem.

Comentários do Facebook