13 de junho de 2021

Parauapebas: Turmas de Pedagogia da Uniasselvi protestam contra atos de constrangimentos e perseguição da direção

Hoje pela manhã alunos do 5º período de Pedagogia procurou nossa equipe de reportagem para denunciar a Escola de Ensino superior Uniasselvi, por perseguição, constrangimento, desrespeito com os acadêmicos, falta de estrutura de materiais didáticos e entre outros casos que vem deixando os mesmos revoltados.



De acordo com as denuncias, a escola não tem carteiras o suficiente para os alunos que são obrigados a fazerem suas provas e exercícios de qualquer jeito, salas lotadas e a falta de material didático e que são obrigatórios para que seja lecionada qualquer atividade educacional é precária. “É uma vergonha o Polo de Parauapebas da Uniasselvi, não temos cadeiras pra sentar, se o aluno atrasa uma mensalidade é perseguido e proibido de fazer suas atividades e provas, somos tratados de  forma desumana até e pagamos caro, com o objetivo de estudar e so recebemos desrespeitos por parte da escola. Lamentável”, desabafa o acadêmico de Pedagogia Edson Taveira.

Vários alunos após um desabafo de Edson Taveira nas redes sociais se manifestaram e pelos comentários haverá manifestação por parte dos alunos de Pedagogia contra a Escola de Ensino Superior. A direção foi procurada pelos alunos e em uma reunião bem calorosa, vários alunos foram expulsos da sala por não aceitarem a forma que estão sendo tratados pelos diretores.

Os alunos afirmam que irão registrar as denúncias no Ministério Público e no MEC. Mais informações a qualquer momento neste periódico.

Procuramos a direção da Uniasselvi Polo Parauapebas mas, não Obtivemos êxito.

Da Redação.

Comentários do Facebook


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *