15 de junho de 2021

Com calendário reduzido, Globo não aprova o retorno do mata-mata no Brasileirão

Em meio à pandemia do novo coronavírus, alguns clubes agem nos bastidores para definir como ficará o restante da temporada no futebol brasileiro. Uma das possibilidades é que o principal torneio do país, o Brasileirão, seja disputado no sistema eliminatório. Apesar de ser a preferência da maioria, a Globo não aprovou a ideia.

De acordo com a Globo, a questão financeira é o principal ponto. A emissora alega que o mata-mata iria resultar na queda de arrecadação no pay-per-view e faturamento para os clubes, já que o retorno desse formato diminuiria a quantidade de jogos para a maioria dos times.



O último campeonato brasileiro disputado neste formato, foi em 2002, com um turno e três fases eliminatórias. Caso este modelo seja adotado, seriam 24 datas contra 38 – no formato atual -, resultando numa redução de 176 partidas. Além disso, a emissora afirma que o pacote publicitário está firmado em 38 rodadas.

Apesar das especulações, nem a emissora e nem os clubes possuem o assunto como prioridade no momento. Em alguns campeonatos estaduais, como Gaúcho, Mineiro e Baiano, a Globo garantiu que pagará cotas completas às equipes e federações. Por:Roma News

Comentários do Facebook
Share