31 de março de 2020

Vice-governador do Pará é alvo da Polícia Federal

Nesta quinta-feira, 12, a Polícia Federal (PF) realizou a segunda fase da Operação Carta de Foral, com o objetivo de cumprir mandados de busca e apreensão no endereço do vice-governador do Pará, Lúcio Vale (PL), alvo da Polícia Federal. As ações da foram autorizadas pela 4ª Vara da Justiça de Belém.

De acordo com os policiais, no caso do vice-governador, os mandados na casa do político são relacionados a fatos anteriores ao mandato de vice-governador. A operação investiga também uma organização criminosa responsável por fraudar licitações e contratos públicos em 10 municípios do Pará.

As investigações

Nos anos de 2010 a 2017, mais de R$ 39 milhões foram movimentados por criminosos em recursos públicos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), e também do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Crimes

• Pagamento de vantagem indevida a agentes públicos;
• Simulação de entrega de merenda escolar;
• Fraude em licitação.


Em nota o Governo do Estado do Pará fala Sobre a operação ocorrida pela manhã, o Governo do Estado do Pará esclarece:


Os supostos fatos investigados teriam ocorrido entre 2010 e 2017, portanto antes do início do governo e sem relação com a vice-governadoria.


O Governo do Estado tem plena confiança no esclarecimento dos fatos e na Justiça.

Com Informações do G1/ Pará

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *