20 de junho de 2021

Vereador de Parauapebas propõem Criação de assistência religiosa na Guarda Civil Municipal

Ivanaldo Braz (sem partido) sugeriu ao prefeito Darci Lermen que viabilize junto à Secretaria Municipal de Segurança Institucional e Defesa do Cidadão (Semsi) a criação do serviço de assistência religiosa na Guarda Civil Municipal (GCM), a capelania.



No pedido, feito por meio da Indicação nº 331/2019, o parlamentar explica que a capelania é um serviço social estabelecido nas entidades civis e militares que promove assistência religiosa, aconselhamento e orientação, principalmente para aqueles que estejam em situação de conflitos sociais, emocionais, profissionais, familiares, depressivos e outras adversidades.

“Diante de várias situações que o ser humano é exposto ao longo da vida, o trabalho da capelania é essencial, pois vem como serviço preventivo, que busca proporcionar o equilíbrio emocional, a segurança individual e coletiva. É um atendimento de cunho religioso, mas que abrange várias áreas da vida do ser humano”, enfatizou o parlamentar.

Braz ressaltou ainda que a atividade de capelania pauta-se no artigo 5° da Constituição Federal, que trata do livre exercício dos cultos religiosos e da prestação de assistência religiosa nas entidades civis e militares de internação coletiva e com base nisso dá amparo psicológico e religioso a quem precisar e aceitar.

Visando prestar esse apoio, algumas guardas municipais criaram dentro da estrutura de suas corporações um setor específico para tratar da capelania institucional, como por exemplo, as guardas municipais de Curitiba (PR), Itapevi (SP) e a Guarda Metropolitana de São Paulo (SP).

Aprovação

A Indicação nº 331/2019 foi aprovada na sessão da Câmara Municipal realizada terça-feira (17) e encaminhada para as devidas providências do prefeito, juntamente com a minuta do projeto de lei sugerida pelo vereador, dispondo sobre a criação do serviço de assistência religiosa.

Caso o prefeito aceite a sugestão de Ivanaldo Braz, a minuta poderá ser utilizada para criação da capelania.Por: Nayara Cristina / Revisão: Waldyr Silva

Comentários do Facebook


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *