DATA:14 de dezembro de 2019

Suspeito confessa que matou Jaqueline enforcada com cinto de segurança do carro

Em depoimento a delegados de Polícia Civil, investigadores e escrivão, Antônio de Souza Nascimento, o “Tonim”, confessou que assassinou a ex-mulher Jaqueline Santana da Silva, 24 anos, na manha do dia 12 com um soco no rosto seguido por estrangulamento usando o cinto de segurança do carro onde o casal estava.

O corpo da jovem foi encontrado em estado de decomposição numa quinta-feira (29) de agosto às margens da PA-160, entre o balneário Água Boa e a Vila 45, já na área do município de Canaã dos Carajás.

De acordo o delegado Gabriel Henrique, diretor da 20ª Seccional de Polícia Civil, Antônio de Souza confessou que os dois brigaram bastante na madrugada do dia 12 de agosto deste ano, mas depois, ele e Jaqueline foram ao município de Canaã dos Carajás receber um dinheiro proveniente de tráfico de drogas. “Ele disse que na volta de Canaã eles voltaram a discutir, foi quando ele encostou o carro, desferiu um soco no rosto da vítima e depois a enforcou usando o cinto de segurança do banco do carona”, disse Gabriel.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *