DATA:9 de dezembro de 2019

Abav Expo 2019 – Parauapebas expõe nova rota de turismo na Amazônia

Localizado no sudeste do Pará, o município de Parauapebas é o segundo maior PIB do Estado e também é uma área rica em biodiversidade. Apesar de ter apenas pouco mais 30 anos, o município que integra a província mineral do Carajás e abriga em seu território grande parte da Floresta Nacional de Carajás, desponta como um destino atraente para o ecoturismo na Amazônia.

O gestor do Departamento Municipal de Turismo de Parauapebas, Marcos Alexandre Santos, afirma que é o segundo ano que o município participa da Abav Expo, apresentando novos roteiros de viagens, que estão sendo consolidados na região. “Temos um grande potencial turístico, começando por mais de 1 milhão de hectare de área preservada na Floresta Nacional do Carajás”, conta.

Banhada pelo rio de mesmo nome da cidade, Parauapebas também desfruta de rotas de turismo indígena, onde segundo Marcos Alexandre, os visitantes podem fazer uma imersão na cultura dos Xikrin do Cateté.

Além de conhecer como vivem os indígenas das quatro aldeias locais, os visitantes podem ter acesso a pinturas, artesanato, bijuterias, tudo produzido pelo povo Xikrin. São dois dias do passeio na rota indígena, seguindo pelos municípios de Canaã dos Carajás e Água Azul do Norte.

Na rota do búfalo, apresentada na Abav Expo 2019, os visitantes conhecem área rurais de Parauapebas, onde há produção de mel de abelha, abacaxi e derivados de leite de búfala, como queijo mussarela, entre outros produtos que agradam os turistas. Também nesta rota, há restaurantes rurais às margens do rio.

Na rota Carajás, a atração é o Parque Zoobotânico Vale, uma grande área, onde há 270 animais em regime de semi cativeiro, inclusive, a onça pintada da Amazônia. Nesta rota existe a trilha Lagoa da Mata, de fácil acesso com cerca de 800 metros. Também há outras duas trilhas: Peito de Aço e Timborana, que compõem os atrativos aos turistas, que buscam turismo de aventura no Pará.

Marcos Alexandre afirma que a administração municipal de Parauapebas trabalha em parcerias com entidades de qualificação, profissionalizando a mão de obra local para atender a demanda da cadeia do turismo no município.

Já são quase 2 mil leitos de hospedaria disponíveis em Parauapebas; cerca de 4 mil pessoas atuando na mão de obra do setor e com previsão de crescimento, a partir do trabalho de investimento na qualificação e divulgação do potencial turístico do município.

Também há uma programação na sede da cidade para os turistas, começando por um city tour, onde são apresentados os principais cartões postais locais.

Parauapebas tem boa infraestrutura por abrigar o projeto da mineradora Vale. Além de aeroporto a 16 quilômetros da sede, a cidade, desfruta de ferrovia com destino a São Luiz do Maranhão e a rota Carajás está totalmente asfaltada e com projeto de implantação de toda a rota turística já em curso.

Abav Expo 2019

Com uma representatividade de 7.6% de todos os empregos no país, as empresas e entidades que fazem o setor de turismo brasileiro, se reúnem em São Paulo, na 47ª Abav Expo Internacional de Turismo, a maior feira de negócios da cadeia do turismo da América Latina, onde paralelamente também ocorre o 52º Encontro Comercial Braztoa.

A abertura do evento realizada nesta quarta-feira, 25, contou com a participação do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro, secretários estaduais de turismo e dos dirigentes das entidades representativas do setor, além de empresários do turismo de todo o Brasil.

Este ano, o governo de São Paulo é o co-anfitrião do evento, promovendo os destinos de turismo do Estado e da capital. Além de São Paulo, diversos estados expõem seus destinos turísticos na feira. Junto aos destinos tradicionais do turismo brasileiro, muitas novas rotas são apresentadas ao público e também roteiros de diversos países.

Ascensão

No discurso de abertura, a presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav), Magda Nassar, ressaltou a importância do setor para a economia brasileira, que é responsável por quase R$ 7 milhões de empregos no país.

A anfitriã do evento explicou que a Abav tem 2,3 mil associados e que a cadeia do turismo contribuiu com R$ 31 bilhões em 2018 para o Produto Interno Bruto Brasileiro (PIB). Juntas essas empresas associadas da Abav, foram responsáveis por 85% das vendas do setor de serviços e lazer brasileiros no ano passado.

Há um pouco mais de cem dias na presidência da entidade, Magda Nassar afirmou que “a Abav 2019 é da inclusão, da mulher – há sete dirigentes femininas na entidade -, e que para o setor “toda forma de amor é justa”.

26 mil pessoas se inscreveram para participar da Abav Expo 2019, informa Magda Nassar, um recorde de público. O evento, que está sendo realizado no Expo Center Norte, encerra amanhã, 27, e conta com 2 mil marcas como expositoras em um espaço de 27 mil metros quadrados, onde foram contratados 1,7 mil trabalhadores.

São representações de companhias aéreas, empresas marítimas, destinos nacionais e internacionais, operadoras agências, seguradoras, locadoras de veículos e outros da cadeia do turismo. Além de vendas de pacotes de viagens, também de palestras para o público da cadeira do turismo.

Ministério do Turismo não será extinto, assegura ministro Marcelo Álvaro

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro, apresentou um vídeo promocional, elaborado para atrair os argentinos a aumentar as viagens de turismo em rotas brasileiras. O Ministério do Turismo (MTur) realizou uma parceria com o jornal argentino Clarin, que utilizará também a plataforma digital da empresa para divulgar o programa do MTur. O vídeo foi apresentado na abertura da Abav Expo 2019.

O ministro rechaçou informações que foram veiculas na imprensa brasileira, de que o MTur poderá ser extinto ou ser objeto de fusão, juntamente com a Empresa Brasileira de Turismo (Embratur) por alguma secretaria do Ministério da Economia.

Segundo Marcelo Álvaro, o próprio ministro Paulo Guedes o enviou mensagem, assegurando que não há previsão de fusão do MTur nem da Embratur. Também disse que o presidente Jair Bolsonaro (PSL), também negou a medida, em evento realizada semana passada. O Brasil vive um novo momento, segundo ministro, em que a geração de emprego e renda está sendo valorizada e a cadeia do turismo é uma grande geradora de negócios para o país.(R N)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *