24 de junho de 2021

CASOS DE DOENÇAS DE CHAGAS AUMENTAM COM A POPULARIDADE DO AÇAÍ

AÇAÍ E A DOENÇA DE CHAGAS

A Doença de Chagas, também conhecida como Chaguismo e tripanossomíase americana, se caracteriza por uma inflamação causada por um parasita. O Brasil chegou a receber o certificado internacional de interrupção da transmissão, em 2006. Porém, os números vem crescendo de 2010 pra cá e a má higienização do açaí pra consumo pode ser uma das explicações pra esse fato.

O governo vem investindo na capacitação de microscopistas sobre diagnóstico laboratorial da doença desde 2003, certamente esse fator também contribuiu para o aumento dos números de casos, revelando a situação real.

O mercado tem abraçado o açaí em todo o Brasil, visto sua grande aceitação. Com propriedades ricamente nutritivas e o sabor marcante, o açaí tem ganhado cada vez mais espaço na vida dos brasileiros.

Mudanças no preparo do alimento para venda pôde ter influenciado negativamente na possibilidade da presença do parasita causador da doença (barbeiro), aumentando drasticamente as chances de contagio. A modernização no preparo com o uso de batedeiras descartou o uso de água quente, que antes era utilizado para amolecer os caroços, o que ajudava significativamente na higienização do açaí que antes era amassado a mão.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, mais de 4 mil pessoas morrem vítimas da doença no Brasil todos os anos. O número de pessoas que vivem com a Chagas pode chegar a 4,6 milhões. A maior parte dos casos estão registrados na Região Norte, mais da metade dos casos registrados em todo o país. A região Centro-Oeste é a menos afetada.

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *