22 de junho de 2021

VITIMA DA SOCIEDADE

A falta de segurança pública nas cidades paraenses é notória a cada dia e aumentando ainda mais as estatísticas.

Em cada parte do Pará, sendo nas regiões norte e nordeste, no centro oeste e nas regiões sudeste e sul, os governos locais já não conseguem combater a criminalidade que toma conta das cidades como um vírus que se espalha rapidamente através dos ares. A violência urbana, contra as mulheres e crianças, nos estádios de futebol e a própria violência no trânsito parece não ter fim.



No entanto a Secretaria de Segurança do Pará não dá nenhuma resposta do que está fazendo ou planejando em fazer para coibir esses crescentes índices de violências. Apesar de termos a campanha do Maio Amarelo e Combate a Violência Contra as mulheres, ainda temos o nível altíssimo em todos os quesitos de violência.

De quem é a culpa?

Seria da falta de educação? seria as tais vitimas da sociedade? a falta de emprego?

Quem resolve?

A Policia? as Forças Armadas?

A população não quer saber de quem é a culpa, apenas quer que seja resolvida, pais perdem filhos e filhos perdem pais e todos perdem a paz.

Pena de morte garantiria a segurança?

Não sabemos, mas se resolver, A FAÇA! muitos dirão que seria desumano tirar a vida de um ser humano. Vamos colocar no jure quem já teve a vida de sua família dilacerada por um cruel que sem dó nem piedade retirou os sonhos de toda uma vida.

Enquanto nada acontece ficamos aqui submissos e reféns de uma sociedade criminosa que não para de crescer, até que nossa esperança se encerre ao puxar do gatilho de uma vitima da sociedade.

Por Alexandre de Alexandria, Parazão Tem de Tudo, Parauapebas

Comentários do Facebook


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *