24 de junho de 2021

CHEFE DE QUADRILHA MORRE EM CONFRONTO COM A POLÍCIA

A Polícia Civil por meio da Delegacia de Repressão a Roubo a Bancos e Antissequestro (DRRBA), vinculada a DRCO, e a Polícia Militar por meio da Companhia de Operações Especiais (COE) localizaram hoje (25), a residência do nacional Paulo Henrique Nascimento Pereira, vulgo Paulinho, chefe da quadrilha de assaltantes que praticou no último dia 15/08 uma ação na modalidade “novo cangaço” contra o Banco Bradesco da cidade de Jacundá.

Trabalhos de investigação demonstraram que Paulinho foi o responsável pela organização do assalto, desde a logística, transporte de armas até a deflagração do crime, no qual foi rendida uma Guarnição da Polícia Rodoviária Estadual, enquanto os criminosos utilizavam explosivos para arrombar o cofre central da agência bancária.

Logo após o crime, o acompanhamento feito pelas equipes policiais possibilitou identificar que Paulinho, em companhia de outros comparsas, saiu de uma fazenda onde estava escondido na zona rural entre Jacundá e Goianésia e deslocou-se durante a madrugada até uma residência na Vila Mocambo, Zona Rural de Santa Izabel, onde já planejava novos crimes.

Conhecido assaltante de Bancos, Paulo Henrique já possui quatro Mandados de Prisão em Aberto pela participação em ações de vapor nos municípios de Concórdia do Pará, Moju, Mocajuba e Nova Esperança do Piriá.

A abordagem na residência foi realizada na manhã de hoje, 25/08. No momento da chegada dos Policiais, Paulo Henrique reagiu à abordagem disparando com uma Pistola Sig Sauer Calibre 9mm e veio a ser atingido durante a troca de tiros. Socorrido ao Hospital de Santa Izabel, não resistiu aos ferimentos.

Na residência foram encontradas, além da pistola utilizada por Paulinho, várias munições de calibre .40, drogas e 1 Fuzil Calibre 7.62×39, Marca Tapco Usa, Modelo SKS Soviet com três carregadores e 25 munições intactas do mesmo calibre.

Fonte:JacundaNews

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *