22 de junho de 2021

CELPA INAUGURA NOVO CENTRO DE OPERAÇÕES INTEGRADAS

O Centro monitora e agiliza todas as operações realizadas no sistema elétrico da distribuidora no estado do Pará

Nesta segunda-feira, dia 30, a Celpa fará a inauguração do seu novo Centro de Operações IntegradasCOI, na sede da empresa, localizada na Rodovia Augusto Montenegro. O espaço agora vai funcionar em um prédio de 232 metros quadrados junto ao bloco administrativo da concessionária. Com instalações modernas e ambiente totalmente remodelado, o Centro é responsável por monitorar e agilizar todas as operações realizadas no sistema elétrico da distribuidora no estado do Pará.



De acordo com o presidente da Celpa, Nonato Castro, a inovação deverá trazer maior comodidade aos colaboradores que atuam na área de operação e refletir no atendimento ao cliente. “Quando oferecemos tecnologia mais avançada e uma estrutura de ponta para esses especialistas desempenharem suas funções, nós também pensamos no reflexo dessas ações nos clientes. Essa é a nossa busca constante por oferecer um serviço com qualidade acima do ideal”, afirma o presidente. 

No COI, funcionam de forma integrada as ações da área de Operações de Sistema, envolvendo a gestão do sistema elétrico ao longo de todo o estado do Pará e a gestão dos serviços técnicos e comerciais junto as equipes de campo. Na prática, essas atividades funcionando de forma harmônica e ordenadas permitem maior agilidade no atendimento às ocorrências na rede elétrica e consequentemente a redução dos eventuais imprevistos causados pela demora no atendimento.

O gerente de Operações da Celpa, Sérgio Valinho, explica que o trabalho no Centro conta com uma base de dados georreferenciada. “Com essa tecnologia nós conseguimos visualizar, por meio de coordenadas geográficas, informações sobre a rede de distribuição e a posição geográfica dos clientes. Isso também garante o monitoramento em tempo real de praticamente todas as localidades do Estado”, diz Valinho.

SISTEMA DE COMUNICAÇÃO COM AS EQUIPES DE CAMPO – Uma das tecnologias aplicadas no COI é o sistema de comunicação com as equipes de campo, que permite a transmissão de dados por meio de rádio, telefonia móvel ou via satélite em todo o Pará. Com isso, as informações são despachadas às equipes de campo através de computadores portáteis disponíveis nas viaturas, inclusive em áreas afastadas dos grandes centros, como nas zonas rurais dos municípios do Marajó, por exemplo.  

Dentro do COI, os profissionais ainda têm acesso ao sistema Georede que permite visualizar o mapa do sistema elétrico de todo o Pará, sincronizados ao mapa do Google Earth, que permite monitorar em tempo real as principais ocorrências relacionadas à falta de energia. A resposta vai ser mais eficaz para muitas situações. Por exemplo, se houver problema em uma subestação que atende a uma cidade, será possível verificar imediatamente e demandar mais rapidamente as equipes para o local da ocorrência.

“A Celpa vem investindo cada vez mais em tecnologia avançada e o novo COI evidência esse momento da empresa. A maioria das nossas subestações já funcionam com sistema de comunicação de alta velocidade, isso sem falar nas melhorias constantes em toda a nossa rede de distribuição. E, com certeza, o maior beneficiado é o cliente, que ganha uma energia elétrica com mais confiabilidade”, finaliza Sérgio Valinho.

Comentários do Facebook