24 de junho de 2021

Rio Maria do Pará: Vereador Benjamim Resplande tem madato cassado

Vereador tem mandato cassado por unanimidade dos votos em Rio Maria

Em sessão extraordinária realizada na manhã desta segunda-feira (30), na Câmara Municipal de Rio Maria, o vereador Benjamim Resplande da Silva (PDT), teve o mandato de vereador cassado por unanimidade.

De acordo com denúncia feita pelo eleitor Elivando Jardim da Silva recebida pelos vereadores presentes em sessão ordinária no dia 19 de fevereiro de 2018, onde na ocasião, foi criada uma comissão processante provisória formada pelos vereadores Cláudio Couto, presidente, Alex da Costa Pessoa, relator, e, vereador Segundo o decreto, o vereador Benjamim não foi localizado pelo Cartório do Único Oficio de Rio Maria para receber a notificação da denúncia e apresentar defesa perante a CPP, estando em lugar incerto.

Com isso, a acusação formulada pelo eleitor Elivando Jardim da Silva foi julgada procedente em face das inúmeras infrações cometidas pelo vereador Benjamim, como não ter comparecido em nenhuma das sessões ordinárias em 2018, sem que haja justificativa, não prestar atendimento ao público no prédio da Câmara Municipal de Rio Maria, não participar das comissões permanentes desde setembro de 2017 e também não residir no município de Rio Maria.

O Decreto Legislativo Nº. 001/2018 foi publicado pelo gabinete da Câmara Municipal de Rio Maria aos 30 de abril de 2018 e assinado pelo presidente daquela casa de leis vereador Gisvaldo Gratão (DEM).

Dentre as inúmeras infrações o vereador não compareceu em nenhuma das sessões ordinárias em 2018

Comentários do Facebook