13 de junho de 2021

Polícias Civil e Militar realizam patrulhão para combate ao crime em Barcarena

As Polícias Civil e Militar realizaram uma operação, tipo “Patrulhão”, entre a noite de sábado (28) e a madrugada deste domingo, 29, em Barcarena, nordeste paraense, para combate ao crime na sede do município e em suas regiões distritais.

Durante a ação policial foi preso por ordem judicial Wesley Castro de Aquino, apontado em inquérito policial como um dos maiores assaltantes em atuação no município. Ao todo, 27 bares foram fiscalizados. Destes, sete foram fechados por irregularidades em suas licenças de funcionamento. Uma moto roubada foi recuperada.



Coordenada pela Superintendência Regional do Baixo Tocantins, a operação teve início por volta de 23 horas e se estendeu até 5 da manhã, na sede de Barcarena e nas localidades de Vila dos Cabanos, Vila do Caripi, Vila do Conde e Itupanema. Estiveram em atuação três equipes da Polícia Civil das Delegacias de Vila dos Cabanos e da sede, e da Superintendência da Polícia Civil de Abaetetuba, além de policiais militares de Barcarena.

Os policiais averiguaram a situação dos bares, efetuaram vistorias em pessoas e ainda realizaram abordagens em vias públicas da cidade e dos distritos. Ao todo, 86 pessoas foram revistadas. Um total de 21 veículos foram abordados.

Durante uma das abordagens, foi preso o foragido Wesley Aquino. Segundo a titular da superintendência, delegada Renata Gurgel, ele é apontado como autor da maioria dos assaltos registrados apenas em abril no distrito de Vila dos Cabanos. “O último inquérito instaurado para investigar o acusado foi no dia 20, quando a prisão preventiva dele foi requerida à Justiça”, explica a policial civil.

Baião

Em Baião, a Polícia Civil está realizando, neste final de semana, uma ação de cidadania, na zona rural da região, com orientações diversas para a comunidade do município. As ações estão ocorrendo nas comunidades de Baixinha, Arequembaua, Tapereuçu, Igarapé Preto e Umarizal.

“Conversamos com os líderes da comunidade, orientamos com relação às denúncias, regularização das motocicletas e fizemos algumas abordagens em bares para verificar a venda de bebidas alcoólicas para menores e licenças de funcionamento”, detalha a delegada Renata Gurgel.

Por Walrimar Santos

Comentários do Facebook
Share