28 de outubro de 2020

Polícia Civil prende cabeleireiro que matou jovem no bairro liberdade em Parauapebas

A equipe de investigadores da 20ª Seccional Urbana de Polícia de Parauapebas tendo como diretor o delegado Élcio de Deus, realizou na tarde desta sexta-feira (25), a prisão em flagrante do cabeleireiro Raimundo Nonato da Silva, conhecido por “RAI” ele foi pego por volta das 16h00, oito horas depois no bairro Cidade Jardim, acusado do homicídio contra o jovem Dielson Oliveira, de 24 anos morto a pauladas por volta das 08h00 da manhã com uma cadeira de madeira em uma bebedeira que ocorria em uma residência no bairro Liberdade I. Em tempo recorde após ouvir algumas testemunhas a polícia identificou o acusado logrando exceto em localizar e prender o autor do crime

“No local do crime nós descobriu-se que a vítima havia sido morta por repetidos golpes de madeira na cabeça que terminaram por arrancar parte de sua caixa craniana, provocando perda encefálica. Para a prática do crime, o autor utilizou um banquinho de madeira que ficou completamente desmontado.

Imediatamente, de posse do vulgo do suspeito, nossos investigadores passaram a diligenciar em busca dele, quando por volta das 16 horas, tivemos exceto em localizá-lo, momento em que foi dado voz de prisão a mesmo” relatou delegado Élcio de Deus acrescentando que logo em seguida o acusado foi encaminhado e apresentado ao plantão da 20ª Seccional onde foi autuado em flagrante por infligir o artigo 121. Na delegacia o acusado confessou o crime e disse ainda que não conhecia a vítima e que a motivação do crime teria sido por legítima defesa uma vez que a Dielson Oliveira havia lhe ameaçado de morte. Indagado se tinha passagem pela polícia Rai confessou que sim, no Estado do Maranhão onde cometeu outro homicídio.

 



Parazão Tem de Tudo/Com informações de Neide Folha

Comentários do Facebook