6 de março de 2021

Onze pessoas são presas pelo crime de alcoolemia em Salinas


A Polícia Civil, por meio da Divisão de Polícia Administrativa (DPA), fiscalizou 102 estabelecimentos comerciais no sábado (25), em Salinópolis e no Distrito de Mosqueiro. Trinta deles foram fechados, a maioria está localizada em Salinas.

O responsável pelo estabelecimento, conhecido por ser a antiga Barraca Paradise, foi denunciado por realizar uma festa tipo rave na madrugada do sábado (25), foi intimado a prestar esclarecimentos na na Delegacia de Polícia de Salinópolis. Ele foi advertido quanto ao cumprimento das regras contidas nos decretos estadual e municipal, bem como teve a suspensão das atividades no estabelecimento até a ulterior liberação legal, ficando ciente das penalidades administrativas e criminais aplicáveis.

A Divisão Especializada em Meio Ambiente e Proteção Animal (DEMAPA) fiscalizou 21 estabelecimentos e 29 veículos referentes ao crime de Poluição Sonora, também em Salinas e Mosqueiro.

Somente neste domingo (26), 11 pessoas foram presas pelo crime de alcoolemia durante operação Lei Seca realizada em conjunto com o Detran. Sendo nove em Salinas, uma em Mosqueiro e uma em Vila dos Cabanos. Em todo o Estado foram realizadas 29 prisões.

As ações nos balneários também contaram com equipes da Coordenadoria do Operações e Recursos Especiais (CORE). A equipe da Diretoria de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAV) registrou uma prisão pelo crime de violência doméstica em Salinas e três pedidos de medidas protetivas. As ações de fiscalização na praia foram realizadas através de viaturas e quadriciclos.

Fonte: Polícia Civil

Comentários do Facebook